CULTURA & ARTE

pexels-dazzle-jam-1002238.jpg

É NOSSO OBJETIVO:

Promover a cultura artística/cultural e suas manifestações populares e valor imaterial, como: música, dança, artes plásticas, audiovisuais, cênicas, artesãs, narrativas orais e escritas, contos populares e tradicionais como fonte de sabedoria, resultante de todo o processo de miscigenação e internacionalização, empoderando os jovens de todas as etnias e o público alvo em geral a reconhecerem suas criatividades, habilidades e faculdades inatas, aplicando no resgate das suas raízes para afirmar uma identidade cultural brasileira como seres humanos na consciência de cidadãos do mundo.

Proporcionar o uso das propriedades curativas da arte aliada a ecologia, servindo como fonte de êxito, enquanto instrumentos terapêuticos, no auxílio ao efeito das experiências traumáticas dos jovens, mulheres, imigrantes e crianças que encontram-se em situações de risco, violências, exploração, vulnerabilidades e abusos, contribuindo no tratamento das doenças psicofísicas causadas pelo impacto negativo destas, como: tensão e desequilíbrio emocional, medos, ansiedades, traumas, depressão e sentimentos de inferioridades e complexos de incapacidades, estimulando nesses indivíduos formas positivas de pensamentos, sentimentos e atitudes de autoestima pela expressão artística criativa e o contato com o meio ambiente sadio e equilibrado em colaboração com a Comunidade Regenerativa.

 

Criar residências artísticas, ecologicamente regenerativas e sustentáveis, que consistem no deslocamento do artista para um outro contexto cultural, com o objetivo de desenvolver um processo de criação artística associado à troca de experiências, linguagens, conhecimentos e realidades em coletivo no convívio com outros artistas de várias regiões do planeta, buscando potencializar a diversidade da Arte e Cultura aliada a Vida Natural.

 

Documentar, resgatar, promover e incentivar a sabedoria contida nas histórias e tradições culturais locais ancestrais e contemporâneas, dos mestiços indo-afro-ameríndios e de suas comunidades no território brasileiro, incluindo tradições e práticas que fomentam o saber popular, como resultado dessa miscigenação e fomentação da cultura popular brasileira e suas danças e manifestações dramáticas populares, como manifestação da integridade regenerativa das inúmeras diferenças humanas étnicas e geográficas, para estabelecer uma cultura harmônica diversificada de encantos e belezas das muitas manifestações artísticas humanas.